Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo
Em defesa do SUS

Notícias

Confira a videoconferência: Informatização da Atenção Básica da Assistência Farmacêutica, Hórus e sistemas municipais próprios

 
 
O COSEMS/SP, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo (SES/SP) promoveu encontro para discussão sobre a Informatização da Atenção Básica da Assistência Farmacêutica – Hórus e sistemas municipais próprios, bem como esclarecimentos sobre a composição da Base Nacional de Dados de Ações e Serviços da Assistência Farmacêutica no âmbito do SUS, Portarias nº 957, de 10 de maio de 2016 e nº 938, de 07 de abril de 2017.
 
Clique no link e confira o vídeo na íntegra: https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=lSlRA3phspw
 
Heber Dobis Bernarde, da coordenação geral de Monitoramento e Políticas Nacionais da Assistência Farmacêutica da (SCTIE/MS) explicou as Portarias e apresentou as principais mudanças advindas da nº 938, como prazos e penalizações. “O município que não aderir ao Hórus terá que enviar os dados via webservice no prazo determinado. A suspensão de recursos será aplicada aos municípios que não cumprirem o prazo de 90 dias para início de transmissão após homologação e disponibilização do webservice e que não conseguirem justificar a falta de envio, além também, daqueles que enviarem informações insuficientes, fora dos parâmetros”. 
 
Clique aqui e confira a abresentação do coordenador.
 
A adesão ao Hórus deve ser realizada em quatro fases. “Além da adesão, para obter a senha de produção é necessário que o município (profissional responsável) concretize um curso de 40h, com ênfase no Hórus, disponibilizado pelo Ministério. Após a conclusão, o gestor envia um ofício ao Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério e determina qual será o responsável em seu município”, destacou. Para o componente especializado, o treinamento é local e leva, em média, duas semanas.
 
Situação no estado de SP
- 1ª fase de adesão ao Hórus = 280 municípios
- 1ª e 2ª fase de adesão ao Hórus = 253 municípios
- 1ª, 2ª e 3ª fases = 219 municípios
- todas as fases = 156 municípios
- em utilização = 81 municípios
- não realizaram = 365 municípios
- 125 municípios já finalizaram o curso
 
Aparecida Pimenta, assessora do COSEMS/SP participou da mesa. Para ela, a Assistência Farmacêutica já carecia há muitos anos de conjunto de informações que pudéssemos fazer a gestão local, estadual e nacional. “Várias outras áreas do SUS já possui sistemas com conjunto de informações, que servem para comparações e avaliações. Temos que fazer um esforço coletivo junto à SES/SP para que possamos de fato implementar a coleta sistematizada de dados e envio ao Ministério. Com a devolutiva destes dados poderemos trabalhar com a informação. Nossa preocupação com este processo é que se respeite a especificidades de cada município”.
 
Segundo Alexandra Casarini, diretora do Grupo de Assistência Farmacêutica da SES/SP, a necessidade do encontro foi evidenciada durante reunião do grupo técnico de AF. “Temos propostas para avançar nas parcerias, capacitações e discussões. O estado tem apoiado os municípios nesta questão sensibilização e planejamento na Assistência Farmacêutica, para podermos virar a ‘chavinha’ do ciclo logístico para o cuidado do paciente”, ressaltou. 
 
No site do Ministério está disponível suporte com roteiro de uso, tutoriais em vídeo, e-mail, dentre outros meios – saude.gov.br/medicamentos.
 
Para mais informações: monitoramento.daf@saude.gov.br  
Fonte: COSEMS/SP
COSEMS/SP - Associe-se
Webmail - COSEMS/SP
Calendário de Reuniões
Edição 180 - Agosto / 2017
Facebook