Em defesa do SUS




COSEMS/SP promove oficina de escrita na capital paulista

COSEMS/SP promove oficina de escrita na capital paulista

Aconteceu nos dias 21 e 22 de janeiro, na Faculdade de Saúde Pública da USP, na capital paulista, a Oficina de diretrizes de escrita de textos e resumos, proposta pelo COSEMS/SP, com participação do CONASEMS. O encontro contou com mais de 80 profissionais de diversas regiões do estado e diferentes formações, que atuam diretamente no Sistema Único de Saúde (SUS), como cirurgiões dentistas, farmacêuticos, psicólogos, fisioterapeutas, enfermeiros, dentre outros.

De acordo com Marcia Pinheiro, assessora do CONASEMS, as oficinas foram criadas para estimular estados que não tinham mostra de experiências no SUS, um movimento para mobilizar COSEMS que não contavam nem com congressos. “O resultado foi muito bem-sucedido. O objetivo foi alcançado. A qualidade dos trabalhos teve um salto enorme. Na mostra nacional são mais de 150 avaliadores dos trabalhos”, destacou a assessora.

Durante a Oficina, Lidia Tobias, assessora do COSEMS/SP e coordenadora da Mostra paulista, apresentou a programação do 34º Congresso do COSEMS/SP, destacou a importâncias do relato de experiências por parte das equipes de Saúde municipais e evidenciou os critérios de avaliação dos trabalhos e quais atividades do evento contemplam os trabalhos municipais. O Congresso de 2020 será realizado de 1 a 3 de abril, em Águas de Lindoia, onde será celebrada a 17ª Mostra. Para mais informações acesse: www.cosemssp.org.br/congresso2020.

O Congresso do COSEMS/SP promove, anualmente, a Mostra Nacional de Experiências Exitosas dos Municípios paulistas. A cada edição o número de trabalhos inscritos aumentam exponencialmente. Em 2019, durante o 33ª Congresso, foram 995 experiências na Mostra.

“Temos muitos trabalhos realizados no município de Ouroeste (SP), mas não conseguimos mostrar e apresentar. Em 2019 conquistamos Menção Honrosa na mostra do congresso do COEMS/SP e queremos aprimorar os trabalhos. Serve de orientação e apoio às pessoas para elaborar as experiências”, explicou a participante do encontro, Daniela Costa dos Santos, secretária de Saúde de Ouroeste.

Dentre apresentações e atividades proporcionadas no decorrer da Oficina, aconteceu um exercício onde cada participante, individualmente, produziu um texto, uma narrativa, e puderam compartilhar sua produção com todos os presentes.

“O retorno dos participantes da oficina de 2019 foi importante, pude perceber isso em nossa Mostra Nacional, onde vários autores vieram conversar comigo. A perspectiva que damos, que não está na forma acadêmica de escrever, e sim no cotidiano das equipes de Saúde, é relevante”, disse Alcindo Ferla, médico e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que atua no CONASEMS.

Ainda segundo Alcindo, a oficina tem um desenho pedagógico baseado no teatro do oprimido, que serve para processar os medos e travas da escrita e conversa sobre estilo e estrutura textual, com mais experimentação de escrita.

Mostra 2020
Todos os trabalhos inscritos concorrem ao Prêmio David Capistrano. Os 10 melhores conquistam o prêmio, outros 10 recebem Menção Honrosa, além de aproximadamente 40 trabalhos, os quais também são selecionados para participação da Mostra Nacional, durante o Congresso do CONASEMS.

As 20 melhores experiências, que conquistarem o Prêmio e a Menção Honrosa, serão publicadas no Boletim do Instituto de Saúde (BIS), que já se encontra na quinta edição, uma parceria entre COSEMS/SP e o Instituto de Saúde de São Paulo.

Categorias

Arquivos

Notícias do site antigo

ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS

Tags

Eventos

ACESSE A AGENDA COMPLETA