Em defesa do SUS




Novo secretário de estado da Saúde paulista participa de reunião com Representantes Regionais do COSEMS/SP

Novo secretário de estado da Saúde paulista participa de reunião com Representantes Regionais do COSEMS/SP

Na última quarta-feira (20), o novo secretário de estado da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann Ferreira, e seu adjunto, Alberto Kanamura, além de membros de sua equipe, estiveram presentes na reunião dos Representantes Regionais do COSEMS/SP, na sede da Secretaria de Estado da Saúde (SES-SP), na capital paulista. Na ocasião, o secretário esclareceu a situação financeira encontrada quando assumiu a pasta e enalteceu a parceria da SES-SP com os secretários municipais de Saúde paulistas, por meio do COSEMS/SP.

Diversos temas foram abordados pelos gestores municipais, como o aumento e continuidade do Piso de Atenção Básica (PAB) estadual, contrato de gestão dos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AME), situação atual das Arboviroses nos municípios, Programa Dose Certa, situação da Rede de Oncologia estadual, Programa Santa Casa Sustentável e Pró-Santa Casa, Cirurgias Eletivas e a aproximação dos Departamentos Regionais de Saúde (DRS) junto ao nível central da SES-SP.

Em relação ao PAB estadual, Germann disse que buscará o aumento de repasse de recursos (hoje R$ 3,00 por habitante), porém, com as dívidas encontradas, a SES-SP não possui fonte de renda necessária e terá que realocar de outro setor. Já quanto aos contratos dos AME, declarou que poderá rever e rediscutir as contratações.

Segundo o secretário, a prioridade será a Rede de Oncologia. “A lista de espera no credenciamento de serviços frente ao Ministério da Saúde é grande. Conversei pessoalmente com o Ministro e pude expor a realidade do estado, mas os recursos federais também são insuficientes”, declarou.

Quanto ao programa ‘Todos contra a Dengue’, com repasses da SES-SP às equipes municipais, o secretário explicou que está priorizando regiões. “Estamos liberando recursos por prioridades de regiões. Será um repasse restrito e temporário, mas existe a possibilidade de ampliarmos”, ressaltou.

O Programa Dose Certa também foi evidenciado pelos gestores municipais. O atraso nas entregas está gerando desassistência na ponta. De acordo com Germann, será contratada uma empresa de logística para armazenamento e distribuição dos fármacos. “Muito está ligado ao financiamento, mas, ao mesmo tempo, identificamos falhas na gestão do programa”, explicou.

Para o secretário, no que concerne às Cirurgias Eletivas, “temos que fazer mutirões e já estamos viabilizando o ‘Corujão da Saúde’, para diminuir as filas. Nunca iremos eliminar as filas definitivamente, no entanto, temos que trabalhar para que apresentem níveis aceitáveis de espera”. Já referente ao Programa Santa Casa Sustentável e Pró-Santa Casa, o chefe da pasta da Saúde estadual disse ter iniciado tratativas e a ideia é atingir um ponto satisfatório para todos.

Ao final, Germann garantiu aos gestores municipais que atuará com determinação e honestidade para que todos os anseios sejam analisados. “Sei que não conseguiremos resolver todas as situações apresentadas hoje, mas faremos o máximo possível”, finalizou.

Carmino Souza, presidente do COSEMS/SP, exaltou a reunião realizada e enfatizou a relação de complementariedade entre SES-SP e COSEMS/SP para a resolução dos problemas encontrados na Saúde do estado de São Paulo. “A proximidade entre os entes é importantíssima. Temos que caminhar juntos”.

Confira abaixo algumas imagens do encontro.

Categorias

Arquivos

Notícias do site antigo

ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS

Tags

Eventos

ACESSE A AGENDA COMPLETA