Em defesa do SUS




Premiados: SUS COM VC – Centro de Orientação e Mediação do SUS: uma experiência de enfrentamento da Judicialização da Saúde no Município de Jundiaí (SP)

Premiados: SUS COM VC – Centro de Orientação e Mediação do SUS: uma experiência de enfrentamento da Judicialização da Saúde no Município de Jundiaí (SP)

O site do COSEMS/SP publicou, na última semana, as oito experiências municipais premiadas na 15º Mostra Nacional ‘Brasil Aqui Tem SUS‘, celebrada durante o 34º Congresso do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), que aconteceu em Belém (PA), entre os dias 25 e 27 de julho de 2018. O estado de São Paulo contou com 40 trabalhos no evento, todos premiados no 8º Prêmio David Capistrano, realizado no decorrer do 32º Congresso do COSEMS/SP, em Rio Claro, em abril deste ano.

A troca de experiências exitosas é fundamental para a consolidação do trabalho das equipes de Saúde, assim como para o fortalecimento, construção e qualificação das ações realizadas no SUS. O COSEMS/SP parabeniza todos os trabalhos, vencedores ou não, que fazem o SUS crescer se fortificar!! Confira abaixo a experiência de Jundiaí (SP):

SUS COM VC – Centro de Orientação e Mediação do SUS: uma experiência de enfrentamento da Judicialização da Saúde no Município de Jundiaí (SP)

O Projeto SUS COM VC foi implantado em julho de 2017 para orientação dos usuários em relação às ofertas do SUS. Com práticas de mediação sanitária reduzimos a Judicialização da Saúde cerca de 43% no total de ações recebidas, com redução de 58% do nº de ações promovidas pela Defensoria Pública do Estado.

A experiência tem o intuito de orientar e reintegrar o paciente ao SUS; conhecer a necessidade e promover acessos possíveis no Município ou Estado, respeitada a integralidade, a equidade e a universalidade; diminuir o número de ações judiciais promovidas contra o Município.

A metodologia apoia-se nas técnicas de Saúde Baseada em Evidências, com a utilização de ferramentas de busca de literatura científica, em especial, revisões sistemáticas, visando assegurar maior racionalidade e segurança na solução de demandas envolvendo a assistência à saúde. Com técnicas de mediação sanitária viabilizamos composições entre pacientes, prescritores e gestão, conjugando a oferta do SUS e necessidade do usuário, promovendo acesso universal, equidade e integralidade do cuidado. Foi estabelecida parceria com a Defensoria Pública e o Ministério Público do Estado, através de e-mails institucionais e encaminhamento de usuários presencialmente.

Resultados
No 2º semestre de 2016 recebemos 384 ações, no 2º semestre de 2017 esse número caiu para 219 ações. Redução de 43% entre um ano e outro. Redução das ações da Defensoria Pública do Estado, em 2016 recebemos 266 ações, representando 35,1% do total de ações.

Em 2017, foram 129 ações da DP, representando 22,7% do total. Após a implantação do SUS COM VC, no 1º semestre recebemos 91 ações da DP. No 2º semestre foram 38 ações, redução de 58,24% entre os períodos.

Por fim, calculamos o Índice de Judicialização da Saúde no Município entre os anos de 2011 e 2017 e verificamos a redução de 25,83 ações/10 mil habitantes em 2014 para 13,91 ações/10 mil habitantes em 2017.

Conclusões
O SUS COM VC mostrou ser um projeto exitoso para redução da Judicialização da Saúde municipal e pode ser reproduzido em outros municípios. A adoção de processos de orientação e mediação sanitária tem investimento financeiro baixo e demandam poucos recursos humanos.

O SUS COM VC pode ser alternativa ao programa estadual Acessa SUS que serve apenas a Capital do Estado de SP e região metropolitana, sem alcance para os usuários do interior do estado.

Autores
Carolina de Lima Rossi
Tarsila Costa do Amaral

Categorias

Arquivos

Notícias do site antigo

ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS

Tags

Eventos

ACESSE A AGENDA COMPLETA